domingo, 8 de março de 2009

Em Montreux, antes do incêndio

O Rasmus Heide, do The Highway Star, encontrou no YouTube um vídeo do Deep Purple tocando em Montreux em abril de 1971 - oito meses antes de voltarem à cidade a tempo de presenciarem o incidente que gerou "Smoke on the Water".

Segundo minha planilha, eles tocaram lá em 16 e 17 de abril daquele ano, logo depois de uma turnê na Alemanha que gerou vários bootlegs.

Em 1971, o Deep Purple tinha o costume de tocar ao vivo uma versão de "Yodel", aquela música dos montanheses, antes de começar a botar pra quebrar. Há um bootleg famoso, gravado na Dinamarca dias depois desse show de Montreux, em que caiu a luz. Chama-se "Danish Yodel - Beware". "Beware" é um poema de autoria do Gillan, que ele leu ao final do show.

O vídeo também inclui uma entrevista com os mestres. A repórter insiste em perguntar ao Gillan e ao Lord se a música do Purple era um produto de consumo, como a Coca-Cola. Eles riem. Lord fecha a questão: "Não. Não bebemos muita Coca-Cola." Gillan nega que a música deles tenha atitude política, e todos definem música como "diversão". Interessantíssima entrevista, apesar de a repórter ser mala.

Nunca imaginei que pudesse haver vídeo disso - ainda mais nessa qualidade. Também há trechos de todas as outras músicas do show, inclusive uma Child in Time poderosíssima. O som é poderoso, apesar de uns cortes chatos. Fora isso, deliciem-se.

7 comentários:

  1. Gostaria de ver a cara deles (da galera da MK2) caso eles tenham a oportunidade de ver esse vídeo raro. Ver a imagem deles 38 anos atras de algo que ninguem achava que tivesse guardado até hoje ... deve ser um bom exercício de rejuvenecimento. A qualidade está realmente muito boa!

    ResponderExcluir
  2. Fala Marcelo,

    Estamos reformulando a comunidade Deep Purple Brasil no orkut.
    Após inúmeras badernas, tive que criar regras claras que definem que a comunidade é um espaço de troca de informações e não mais um lugar para expor opiniões idiotas.
    Estou procurando pessoas para ajudarem. E ninguém melhor do que você para ajudar a dar um caráter informativo aquela comunidade.
    Espero poder contar contigo como um co-proprietário da comuna.
    Agora somos a "Sociedade Brasileira de Apreciadores do Deep Purple" regida sobre regras rígidas. Entre na comuna, leia as novas regras e se resolver participar me mande um scrap.

    Endereço da SBADP: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=104804

    Abraço,

    Vitor

    ResponderExcluir
  3. Você está "autorizado" a publicar todos os posts do Purpendicular por lá!
    Espero ter sua presença por lá!

    ResponderExcluir
  4. Vitor,

    Tá complicado o negócio. Entrei hoje na comunidade, mas acho melhor sair de novo até o pessoal se acostumar com a nova metodologia.

    O que eu gosto nas (poucas) comunidades de que eu participo é que todo o (pouco) pessoal que faz parte delas tem a mesma mentalidade: Deep Purple é um negócio que a gente curte, é o negócio que nos une. Não curto nem um pouco um ambiente onde muita gente boa que curte legitimamente o Purple (sem ser fake, etc) entra nessas de "eu sou mais fã que você".

    (Este blog já recebeu umas críticas ridículas desse tipo de gente. Coisas tipo "que cara cheio, quer saber mais de Deep Purple do que eu". Quando, na verdade, o que eu quero é apenas saber sempre mais sobre o Deep Purple e dividir isso com todo mundo que se interesse pela banda.)

    Enfim: vamos ver, se a comunidade se civilizar um pouco faço questão de participar.

    ResponderExcluir
  5. Porra, Marcelo!

    Você é foda!! Que achado!!

    PAZ!
    AMOR!
    ALEGRIA!

    ass: KING DELETADO I

    p.s.: Lá na ex-comunidade do DEEP PURPLE agora impera um ditatorialismo que repudio...

    Até porque pela minha idade, combati (da forma que estava ao meu alcance, claro) a funesta ditadura militar e fiz parte de inúmeras manifestações pró-eleições diretas (como a primeira ocorrrida, em 27.Out.1983 na Praça Charles Muller).

    É pena, mas a tacanha visão acabou com a comunidade. Por culpa de membros, sim. Mas por culpa também de seus "donos" e "moderadores".

    Eu tenho um certo "respaldo" para dizer isso do alto de um pretenso conhecimento purpleriano (menor que o seu, obviamente), 17 shows do DEEP PURPLE (contando com o de 07.Mar.2009), 18 vezes tendo assistido o Ian Gillan, 7 vezes tendo assistido ao Ritchie Blackmore, muitos álbuns, enfim...

    Mas resolvi sair porque aquilo lá tornou-se um patético amontoado de imbecilidades.

    Sorte que ainda me resta o seu genial blog.

    Parabéns Marcelo, e continue assim.

    ResponderExcluir
  6. Deletado, eu não participava da comunidade exatamente por conta do ar irrespirável por lá. Não tenho saco pra isso. Voltei hoje, depois de mais de três anos. Acho que a intenção do Vitor é boa. Eu, se fosse você, ficava de olho. Qualquer coisa pra melhorar aquela comunidade é válida. Eu duvido que os fãs do Deep Purple, em geral, se sintam representados por aquele clima. Eu não me sentia. E não me sentia à vontade pra postar lá.

    ResponderExcluir
  7. Adriano Garcia9:03 PM

    Bem Amigos...É Por Isso que Posto Pouco na Comunidade "Deep Purple Brasil"....

    Rock (E Principalmente quando se fala de Deep Purple) é Técnica Extrema,Qualidade Extrema..

    Logicamente as Discussões e Comentarios tem de ter 1 Pimenta Caracteristica...

    Essa coisa de Moderações Ultramente (Defensivas) que não Respeitam Opiniões Polemicas..Mas Concisas e com Fundamento é o que Destrói as Discussões...

    Pois coloca uma Opinião Forte..Porém com Fundamento e Verdade,No Mesmo Hall de 1 Opinião Pifia e Tumultuadora...

    É Por isso que a "Deep Purple Brasil",não vem tendo seus Melhores Dias...Com Discussões Qualitativas.

    ResponderExcluir